Cerveja Insect Sour

Cerveja bizarra feita de extrato de barata aquática gigante é lançada

A cerveja Insect Sour é feita com o extrato de uma espécie de barata aquática encontrada no Sudeste Asiático.

Publicidade

Já faz algum tempo que os cientistas vêm nos alertando para passarmos a incluir insetos em nosso cardápio. Assim, gafanhotos e formigas, por exemplo, podem ser a chave para combater uma possível escassez de alimentos no futuro da humanidade.

Mas, ao invés de comer, que tal beber uma cerveja feita com extrato de uma barata aquática para acostumar o paladar com essas novas “iguarias”? Pois foi isso que uma empresa japonesa criou.

Publicidade

Ela desenvolveu a cerveja Insect Sour, o que em português seria traduzido para algo como “Inseto Azedo”. No Japão recebe o nome de Konchu Sour.

Konchu Sour/Divulgação

De acordo com informações que constam no produto, um adjunto cervejeiro do produto é o extrato de uma barata d’água muito apreciada na culinária do Sudeste Asiático, especialmente na Tailândia e no Vietnã. A bebida possui teor alcoólico de 5%.

Publicidade

Conforme divulgado pelo site Daily Star, a empresa provavelmente adquiriu os isentos de produtores de Taiwan. Eles são reconhecidos por comercializaram um tipo desse inseto que possui “sabor doce, quase frutado”.

Essa informação quanto ao sabor parece ser verídica, pois alguns reviews foram publicados a esse respeito (teve gente corajosa, que topou fazer uma avaliação do produto).

Outras pessoas também gostaram das matérias abaixo

Um desses reviews positivos veio do site de notícias Sora News 24, que relatou o sabor da bebida como sendo “forte e frutado”, e que “tinha uma forte sensação de limão com um toque de algo parecido com coco”.

A culinária tradicional asiática faz uso desse inseto aquático há tempos, porém fervidos e usados como tempero para ensopados e caldos.

Mais sobre essa barata aquática

Essa barata aquática tem o nome científico de Kirkaldyia deyrolli, sendo bastante comum em águas de plantações de arroz.

Barata aquática da Ásia (Crédito: Wikipédia/Creative Commons)

Elas podem ter até 15cm de tamanho e voar. Além disso, possuem garras afiadas e curvas, o que as tornam ideais para agarrar e cortar suas presas. Ao prender suas vítimas com essas garras, injetam sua saliva corrosiva. Seu cardápio é variado, podendo ser peixes, sapos, cobras e até tartarugas.

Apesar de pouco comum, há relatos de banhistas desavisados que tiveram os dedos dos pés picados por essas baratas. Mas nenhum deles acabou sendo devorado por elas.

Quanto à cerveja, seus produtores recomendam que ela deva ser apreciada bem gelada. E você, teria coragem de experimentar?

Compartilhe essa notícia com seus amigos.

Aproveite e role a página para baixo para ver outras matérias interessante que outras pessoas também gostaram de ler.

Voltar para a página inicial

Publicidade