Sommelier de cerveja

Estilos Que Um Sommelier de Cerveja Deve Conhecer

O conhecimento é a base para qualquer profissional de sucesso. Isso se aplica a todas as profissões, inclusive a de sommelier de cerveja. É fundamental que ele tenha conhecimento sobre os diferentes estilos e subestilos que existem no mundo da produção artesanal de cerveja. 

No entanto, sabemos que há muito o que estudar, existe uma infinidade de opções disponíveis no mercado, e, é necessário tempo para aprender sobre tudo. Mas, existem alguns estilos essenciais que todo sommelier de cerveja deve conhecer, por isso separamos alguns para você.  Leia abaixo e aprenda um pouco mais sobre os estilos essenciais de cerveja que todo sommelier deve conhecer. Boa leitura.

Sommelier de cerveja - Estilos Variados

Estilos que todo sommelier de cerveja deve conhecer

Bohemian Pilsener – Esse estilo é originário da cidade de Plzen, República Tcheca. Foi criada pelo cervejeiro Josef Groll em 1842, que transformou a bebida no que conhecemos hoje. 

A Bohemian Pilsener tem um leve aroma de casca de pão tostada, assim como lúpulos com tom de herbáceo condimentado, o que confere ao sabor um equilíbrio entre um amargor médio e dulçor. 

Estilo é confundido com o “American Larger”, presente na maioria dos mercados brasileiros. No entanto, um bom sommelier saberá diferenciar as duas. 

Belgian Tripel – Essa produção belga é essencial para o conhecimento de quem deseja se tornar um sommelier de cervejas. Assim, esse estilo tem corpo médio e um alto teor alcoólico, uma média de 9%. 

Esse é um estilo complexo de cerveja que junta os sabores de maltes, que remetem a cereais e mel, e lúpulos, que dão um toque floral às cervejas. Sua cor clara faz referência ao sabor de frutas amarelas, como pêssegos e damascos, por exemplo. 

Seu sabor é o equilíbrio perfeito entre o amargor e o dulçor, com um aroma frutado. Contudo, esse é um estilo que não pode faltar na sua lista.  Weizenbier – Criada no Sul da Alemanha, em Baviera, é considerada uma das principais cervejas de Munique. Devido ao seu sucesso internacional, a cerveja alemã é facilmente encontrada no Brasil.

Copo com Cerveja Ale

Esse estilo utiliza como base malte de trigo e tem um forte aroma de cravo e banana, sendo assim uma de suas principais características. 

Estilo Weiss

Ela também pode ser encontrada pelo nome “Weiss” que significa “branco” em alemão. Isso porque o apelido faz referência a sua aparência densa. Special Bitter – As cervejas da idade média tinham um aspecto escurecido até meados da Idade Média. Isso porque o processo de secagem do mate, – que era a fogo- resultava nessa coloração.

Entretanto, em 1800, a Pale Ale se tornou a primeira cerveja com a coloração de tom mais claro. Dessa forma, o seu sucesso não se restringiu apenas a Europa e se tornou um dos principais produtos de exportação da Inglaterra naquela época.  De modo geral, esse estilo de cerveja apresenta uma coloração no tom de âmbar e cobre, com um aroma que passeia entre o amendoado e o tostado dos maltes. No caso da Bitter especificamente, seu residual final tem um leve adocicado.

Se você quiser conhecer mais sobre os estilos de cerveja, recomendo ler esse post no nosso blog:

Rolar para cima