Cerveja Heineken em lata

Heineken divulga lucro de 417 milhões de euros no primeiro trimestre

O Grupo Heineken divulgou o balanço das suas operações no primeiro trimestre de 2022. O lucro líquido apresentado no período foi de 417 milhões de euros.

Publicidade

Em comparação ao mesmo período de 2021, o lucro líquido saltou de 168 milhões de euros para os 417 milhões de euros já informados. Com a diminuição das restrições que estavam acontecendo, a procura pelos produtos da marca voltou a crescer ao redor do mundo.

As vendas também apresentaram um aumento expressivo. A receita referente ao primeiro trimestre de 2022 foi de 6,989 bilhões de euros. Um aumento de 21,4%, comparado aos 5,753 bilhões de euros do mesmo período de 2021.

Aumento de preço ainda segue no radar da Heineken

Contudo, a companhia voltou a frisar que o aumento dos preços das suas cervejas ainda se faz necessário. O motivo alegado é o crescente aumento dos valores dos insumos utilizados na produção da bebida, como cevada, alumínio e vidro.

“Vemos mais incertezas macroeconômicas e esperamos ventos contrários inflacionários adicionais significativos, pressionando ainda mais nossa base de custos. Tomaremos ações adicionais, incluindo preços, para gerenciar esses desafios”, afirma Dolf van den Brink, presidente do conselho executivo e CEO do Grupo Heineken.

Publicidade

Compartilhe

Gostou de saber dessa notícia? Então, compartilhe com todo mundo que você conhece. Eles também vão gostar de saber.

Veja também

Voltar para a página inicial