Os estilos de cerveja que mais combinam com o verão

Veja algumas sugestões de cervejas para se refrescar no verão

Publicidade

O verão é a estação do ano mais quente no Hemisfério Sul, com temperaturas que podem atingir facilmente os 40ºC em algumas cidades do Brasil. E todo esse calor combina com praia, piscina e churrasco, onde uma boa cerveja sempre está presente.

Escolher o tipo de cerveja para essa época do ano é sempre importante. As cervejas consumidas no verão devem ser, preferencialmente, refrescantes e leves, com boa drinkability, isto é, pode-se beber bastante sem se sentir empapuçado.

Publicidade

Veja a seguir alguns estilos de cerveja que combinam muito bem com o verão brasileiro. Aproveite a leitura!

Premium Lager

É o tipo de cerveja puro malte mais tradicional. São cervejas que possuem um corpo leve, com um pouco mais de amargor e a refrescância pedida pelos dias quentes dessa estação.

Publicidade

Nos últimos anos, vimos surgir diversas opções de cerveja puro malte no Brasil. A cerveja Heineken ajudou a popularizar as premium lager por aqui.

Você viu? 7 Cervejas recomendadas para quem gosta de Heineken

American IPA

Esse estilo criado pelos americanos é uma variação da IPA original, concebida pelos ingleses para aguentar as longas viagens marítimas até as Índias. É uma cerveja um pouco amarga e mais forte, onde o sabor do lúpulo é bem perceptível.

Publicidade

Saiba mais: Conheça a história do surgimento da India Pale Ale

A cerveja Lagunitas IPA representa bem esse estilo cervejeiro. Possui o aroma, e o amargor dos lúpulos cítricos e florais americanos, e um teor alcoólico de 6,2%.

Publicidade

Witbier

As cervejas do estilo Witbier são cervejas leves, feitas a partir do trigo. Em sua receita, recebem a adição de especiarias, como sementes de coentro, e cascas de laranja. Toda essa combinação de sabores torna a bebida muito refrescante, sendo perfeita para o verão brasileiro.

As cervejarias locais levaram um tempo até que começassem a disponibilizar mais opções de cervejas do estilo Witibier produzidas localmente. O ano de 2014 pode ser considerado um ano importante, pois foi nessa época que surgiram vários rótulos desse estilo por aqui.

A cerveja Hoegaarden pode ser considerada uma cerveja que representa muito bem esse estilo. É produzida na Bélgica, no vilarejo que leva o mesmo nome. É refrescante é tem ótima drinkability.

Faça parte da comunidade cervejeira que mais cresce no Brasil:


Cerveja sem álcool

O consumo de cervejas sem álcool vem crescendo bastante ao logo dos anos. Tanto as grandes cervejarias, quanto as cervejarias artesanais, têm disponibilizado opções dessa bebida não-alcoólica em seus portfólios.

Geralmente são cervejas leves e como não possuem álcool, são melhor apreciadas bem geladas, tornando-as opções refrescantes para o verão, sem se preocupar com o risco de ressaca no dia seguinte.

Elas são a escolha de quem não quer ou não pode ingerir álcool, mas não abre mão de se refrescar bebendo uma cerveja gelada no conforto de casa ou na rua com os amigos.

Uma curiosidade. Após a decisão repentina do Governo do Qatar de proibir a venda de cerveja com álcool próximo aos estádios da Copa do Mundo FIFA de 2022, a Budweiser Zero acabou se tornando a única opção para quem queria beber uma cerveja nesses lugares.

Budweiser Zero/Divulgação

Por fim, um esclarecimento. A Legislação Brasileira considera como “cerveja sem álcool” as cervejas com até 0,5% de teor alcoólico. Assim, algumas bebidas ainda podem conter um valor residual de álcool.

Veja também: Como são feitas as cervejas sem álcool

Compartilhe e viva o verão

Compartilhe essa notícia com todos os seus amigos e siga o site Clubedocervejeiro.com nas redes sociais para ficar sempre por dentro das novidades.

Leia também

Voltar para a página inicial

Publicidade