Produzindo cerveja em Svalbard

Produzindo cerveja em Svalbard, uma cidade no topo do mundo

Svalbard é uma ilha norueguesa, situada na região do ártico, no extremo superior do globo terrestre. Ela é banhada pelo Mar de Barents e e pelo oceano Glacial Ártico. Só por isso, já dá para imaginar o quanto é frio por lá.

O local tem ventos fortes, temperaturas congelantes e, ainda por cima, você corre o risco de dar de frente com um urso polar. Atualmente, cerca de 2.500 pessoas moram na cidade de Longyearbyen, que fica na ilha.

Até não muito tempo atrás, a principal fonte econômica do lugar vinha da extração de carvão mineral. Entretanto, as minas já estão quase completamente esgotadas. Por isso, o turismo tornou-se vital para manter a cidade mais ao norte do mundo ainda viva e as pesquisas que são realizadas nesse local remoto.

Porém, nos últimos anos, uma cervejaria produtora de cerveja artesanal tornou-se uma atração turística do vilarejo – a Svalbard Bryggeri. A produção de cervejas local é distribuída e servida em todos os pubs, bares e restaurantes da cidade.

Seu fundador, Robert Johansen, de 63 anos, transferiu-se para a cidade de Svalbard quando ele ainda tinha apenas 22 anos de idade. Seu sonho era se tornar piloto, mas acabou trabalhando nas minas de carvão. E 2001, já trabalhando como piloto na parte continental da Noruega, voltou para a ilha. Ele tinha o desejo de iniciar sua própria produção de cerveja.

Então, ele criou uma microcervejaria nas antigas instalações portuárias que com o passar do tempo, cresceu bastante. A Svalbard Bryggeri emprega vários funcionários e abastece todos os bares e restaurantes de Svalbard. Ela também exporta suas bebidas para a Noruega e a Europa. Além disso, oferece tours e degustações, e abre sua torneira para moradores e turistas que visitam a ilha querendo ver a famosa aurora boreal.

Foi preciso alterar a lei para produzir cerveja em Svalbard

Casas na cidade em Svalbard
Casas em Svalbard (Crédito: Eirik Hodne/Unsplash)

Mas, o início desse sonho não foi fácil. Havia uma lei da Noruega – datada de 1928 – que proibia a produção de bebidas alcoólicas na ilha. Essa lei tinha a intenção de combater o alcoolismo ente os trabalhadores das minas.

Enfim, depois de mais de cinco anos de negociação com as autoridades da capital da Noruega (Oslo), em 2014 em conseguiu fazer com que a lei fosse alterada.

Um acordo de dois anos com a companhia aérea Norwegian Air ajudou na projeção da cervejaria. As cervejas em lata Svalbard Bryggeri foram disponibilizadas nos vôos da empresa. A marca ficou internacionalmente conhecida.

Dentre as cervejas produzidas, a mais vendida é a Spitsbergen Pilsner. Para quem quer apreciar as cervejas, as degustações estão disponíveis três vezes na semana.

Fonte: https://www.forbes.com/sites/davidnikel/2021/12/04/brewing-beer-at-the-top-of-the-world-in-longyearbyen-svalbard/

Gostou dessa matéria? Então, compartilhe com quem você conhece:

Veja essas matéria também:

Rolar para cima