Por Clube do Cervejeiro | 13 de janeiro de 2022

Conheça a história da cerveja Duvel, a ‘cerveja do diabo’

Imagem: Unsplash

A história da cerveja Duvel começa no ano de 1871, quando a família Moortgat abre sua cervejaria na Bélgica.

Imagem meramente ilustrativa.

Em 1918, para comemorar o fim da Primeira Guerra Mundial, a fábrica lançou a cerveja Victory Ale. Mas foi só no ano de 1923 que ela recebeu o nome de Duvel.

Imagem meramente ilustrativa.

Duvel, em neerlandês, significa diabo (Duivel). Diz a lenda, que um funcionário da cervejaria estava fazendo a prova de teste da cerveja.

Duvel/Divulgação

Ele ficou tão impressionado com o sabor da bebida que exclamou: “diabo de cerveja!”. O nome acabou caindo no gosto popular.

Imagem meramente ilustrativa.

Ela é uma cerveja de sabor e aroma agradáveis. Possui teor alcoólico de 8% e faz bastante espuma, por ser muito carbonatada.

Imagem meramente ilustrativa.

Em 1960, foi desenvolvido o copo tulipa Duvel.  Até aquele momento, não havia registro no mundo de um copo com aquele estilo.

Duvel/Divulgação

Em 2021, para comemorar os 150 anos de fundação da cervejaria, foi lançado um novo rótulo especial: a Duvel 666.

Duvel/Divulgação

Ela é uma cerveja no estilo Blonde Ale, produzida com 6 tipos diferentes de lúpulo e que possui 6,66% de teor alcoólico.

Imagem: Unsplash