Cerveja com água de esgoto tratado

Conheça duas cervejas feitas com água reciclada do esgoto

Isso mesmo, meu caro amigo e minha cara amiga cervejeiros, vocês não entenderam errado. Vou trazer para vocês dois casos de cerveja que foram produzidos com água tratada do esgoto.

Parece surreal, mas se formos parar para pensar, em muitas cidades, veremos que é o que acontece com a água que chega nas torneiras. As estações de tratamento captam águas muito sujas, contaminadas com todo tipo de impureza – até dejetos humanos estão presentes.

Parece algo totalmente descabido. Um dos itens mais importantes para produzir uma cerveja de qualidade é a pureza da água. Ela não pode conter impurezas, com o risco de alterar seu sabor. Porém, a ideia era chamar a atenção para a ameaça da escassez de água. Nesse ano, corremos seriamente de passarmos por uma crise hídrica – falta de água – aqui no Brasil.

Um dos objetivos era demonstrar que já existem tecnologias capazes de converter águas residuais de esgoto em água potável, que é tão limpa quanto da torneira. O maior entrave na aceitação dessa água tratada é puramente o nosso lado emocional. Do ponto de vista tecnológica, é perfeitamente possível produzir água limpa a partir de fontes impuras. Sem falar que essa é uma iniciativa totalmente sustentável.

Então, vamos conhecer as duas cervejas produzidas a partir de água residual tratada.

Cerveja PU: REST

Cerveja PU:REST - New Carnegie Brewery
Divulgação/New Carnegie Brewery

Em 2018, o IVL Swedish Environmental Institute (IVL) convidou a cervejaria New Carnegie Brewery em Hammarby Sjöstad, na Suécia, para participar de um desafio. Queriam que eles produzissem cerveja a partir da água residual que eles haviam purificado. O desafio foi aceito.

A água foi tratada pelo IVL em uma longa e bem testada cadeia de etapas de purificação antes de ser repassada para a cervejaria. Assim, surgia a PU:REST. A notícia correu o mundo na época, chamando a atenção para o problema da ameaça da falta de água no planeta.

Foi produzida uma edição limitada da cerveja, que rapidamente esgotou.

Cerveja Full Circle Pale Ale

Cerveja Full Circle Pale Ale
Divulgação

A cidade de San Diego, na Califórnia, lançou o programa Pure Water que visa combater a falta de água na cidade. O programa tem a ambiciosa meta de produzir água limpa a partir de água residual (isso inclui o esgoto da cidade). A cidade quer oferecer à população, até o ano de 2035, quase metade da água tratada vindo dessas fontes.

Acervejaria Stone Brewing de San Diego foi convidada a produzir uma cerveja com água residual previamente tratada. Assim nasceu a Cerveja Full Circle Pale Ale.

Assim, durante o lançamento do programa, o prefeito da cidade degustou e aprovou a cerveja, afirmando que era fantástica. Steve Gonzale,z um dos proprietários da Stone Brewing, disse que ficou apreensivo no início. Mas afirmou que essa cerveja estava entre uma das três melhores Pale Ale que ele já havia produzido.

A cerveja ajudou a salvar vidas ao longo da História

Durante a Idade Média, um dos grandes causadores de morte era o consumo de água contaminada. Isto é, não existiam, nesse época, sistemas para tratamento da água consumida pela população.

Como muitos consumiam cerveja ao invés da água, acabavam se salvando. Já que a água era fervida para se produzir cerveja, a fervura acabava matando todo tipo de micro organismo nocivo à saúde.

E então: você teria coragem de experimentar uma cerveja produzida com água tratada de esgoto? Compartilhe essa notícia com seus amigos.

Veja também:


Voltar para a página inicial

Rolar para cima