Isopor de cerveja motorizado

Polícia para homem que dirigia isopor de cerveja motorizado

Quando a gente acha que já viu de tudo, acaba sendo surpreendido mais uma vez. Dá para imaginar alguém andando por aí em cima de um isopor de cerveja motorizado? Pois acredite. Um jovem australiano fez isso.

O caso inusitado aconteceu na cidade Kerang, no estado de Victoria, Na Austrália.

A cena do jovem conduzindo tal “veículo” chamou a atenção dos policiais que passavam por perto. Ele foi parado e ficou constatado, dessa forma, que não tinha habilitação para dirigir.

O rapaz foi submetido a um teste de bafômetro, mas não foi constatada embriaguez (será que a cerveja era somente o combustível da geringonça?). O isopor era parecido com um quadriciclo, isto é, possuía quatro rodas e um guidão parecido com o de uma bicicleta. Além disso, tinha um motor a gasolina de 2,5 cavalos e o assento era o próprio isopor.

Após ser confiscado pelas autoridades, isopor de cerveja motorizado foi “rebocado” para o depósito. O alegado era que o cooler estava circulando sem a devida documentação, sem luzes de sinalização e sem espelhos retrovisores.

Isopor de cerveja motorizado sendo robocado
Imagem: Reprodução/Facebook/Eyewatch – Swan Hill Police Service Area

As leis na Austrália são bem rígidas

A Polícia divulgou, através da sua conta no Facebook, informações oficiais sobre as leis que regulam o uso de dispositivos de mobilidade pessoal motorizados, como os patinetes elétricos e outros veículos similares. Alegou que devido ao tamanho e capacidade do motor, o mesmo sem enquadra nessa categoria e deveria, portanto, cumprir os requisitos legislativos e as regras rodoviárias.

O caso gerou uma grande repercussão na Austrália. Em algumas postagens, as pessoas questionavam as medidas, alegando ser uma perda de tempo. Outros se diziam a favor do cumprimento das leis vigentes.

Por fim, o rapaz além de perder seu meio de transporte, terá que se apresentar num tribunal e se defender das acusações de dirigir sem licença e conduzir um veículo motorizado não registrado, conforme informado pelo site Yahoo! Notícias.

Veja também:


Compartilhe essa notícia usando os botões abaixo:

Rolar para cima