Conheça os tipos de cerveja

Saiba quais são os tipos de cerveja

São inúmeros os tipos de cerveja ou estilos de cerveja que existem mundo a fora e não é meu objetivo esgotar o assunto num único post – alguns vão dizer que é a mesma coisa, mas não é. Por isso, vou tratar aqui dos mais conhecidos e que possuem a maior produção em escala mundial de cerveja. Mas você saberia dizer quais são eles? Já apreciou um ou mais tipos? Confira essa matéria muito qeu está interessante.

Há uma infinidade de estilos de cerveja e, por isso, não teria como estabelecer um número ainda exato. Ainda mais, porque existem variedades em um estilo de cerveja, o que nos leva a ter um “sub-estilo” de cerveja, não que com isso as tornem inferiores, mas fazendo parte dessa “família”. Para exemplificar, podemos citar alguns desses sub-estilos:

  1. Weiss
  2. Pilsen
  3. Stout
  4. Abadia
  5. Strong Ale

Então, um ótimo lugar para saber mais sobre os estilos de cerveja é o site do BJCP – Beer Judge Certification Program. Eles possuem um ótimo material (em inglês) sobre os estilos de cerveja.

Os Tipos de Cerveja

Primeiramente falando, diferente dos estilos de cerveja, os tipos de cerveja são mais reduzidos, sendo Ale e Lager os mais conhecidos. Provavelmente, você já ouviu falar desses tipos, principalmente do segundo, que é o tipo que mais vende por aqui no Brasil. Brahma e Antarctica são os tipos de Cerveja Lager que mais se vende por aqui. Ainda temos um tipo de cerveja pouco conhecido aqui no Brasil – o Lambic, que falaremos ao final.

Cevejas do Tipo Lager

Tipo de Cerveja – Lager

Abrangem as cervejas de baixa fermentação, aquelas que fermentam em temperaturas mais baixas (9 a 15º C), fato que propicia a essas bebidas serem mais cristalinas do que as ALEs. Elas têm características mais leves que as ALEs, isto é, são menos aromáticas e tendem a puxar para um sabor mais semelhante a pão. A maioria delas é de cor clara, com alto teor de gás carbônico, com sabor moderadamente amargo e conteúdo alcoólico entre 3% e 6%.

Publicidade

Sendo assim, são as cervejas mais consumidas no mundo, pelo fato de abranger os estilos Pilsen e as American Lager. Na praia e depois do futebol, refrescam e descem muito bem.

Abaixo, seguem os principais estilos Lager:

  1. American lager
  2. Pilsner ou Pilsen
  3. Munich Dunkel
  4. Schwarzbier
  5. Malzbier
  6. Vienna
  7. Bock

Cervejas do Tipo Ale

Tipo de Cerveja – Ale

Essa família engloba as cervejas de alta fermentação, ou seja, aquelas que fermentam em temperaturas mais altas (15ºC a 25ºC) e possuem a característica de serem cervejas de aroma e sabor frutados. São cervejas mais complexas, mais maltadas e lupuladas. São geralmente mais encorpadas.

Uma curiosidade: nesse tipo de cerveja, seus fermentos ficam suspensos nos tanques de fermentação. Daí que vem o termo “alta fermentação”.

Assim, listamos os principais estilos Ale:

  1. English Pale Ale
  2. American Ale
  3. Porter
  4. Stout
  5. Indian Pale Ale (IPA)
  6. Weiss ou Weizen
  7. Witbier
  8. Weizenbock
  9. Altbier ou Alt
  10. Belgian Strong Ales

As primeiras cervejas do mundo foram as Ales. Na época, não existiam ainda as cervejas do tipo Lager, que surgiram por volta do ano de 1400.

Cervejas do Tipo Lambic

Lambic – Cervejas envelhecidas em barril

Essa é uma cerveja totalmente atípica e pouco conhecida no Brasil, devido ao seu processo de produção ser demorado e pelo seu alto custo envolvido. Ela é conhecido coma a cerveja de fermentação espontânea. A fermentação é feita por fermentos e microrganismos que se encontram nas caves onde estas cervejas são produzidas.

Em geral, são feitas a partir do trigo, entretanto não são adicionadas leveduras no mosto, ficando a fermentação a cargo dos agentes naturais, os quais são encontrados somente numa pequena área ao redor de Bruxelas.

Trata-se de um tipo muito distinto de cerveja, com uma gama extremamente numerosa de aromas, os quais vão do frutado (como cereja, framboesa ou banana) ao extremamente cítrico (como vinho branco ou vinagre). Normalmente, adicionam-se frutas nessas cervejas para ajudar no processo de fermentação espontânea. Então, se quiser saber mais sobre esse estilo, veja essa artigo completo que o Clube do Cervejeiro preparou.

Como sempre, nunca é demais lembrar: “Aprecie com moderação”.

Gostou desse post? Então, compartilhe e nos ajude a divulgar para mais pessoas. Ficaremos muito agradecidos com sua ajuda.

Assuntos relacionados

« Voltar para a página inicial