Guinness at Old Brewer’s Yard

Novo espaço de convivência da Guinness custará R$ 525 milhões

A Covent Garden, em Londres, ganhará uma nova atração que vai animar os fãs de cerveja. Isso porque a Guinness construirá no local o seu mais novo centro de lazer cervejeiro, o “Guinness at Old Brewer’s Yard”. O espaço abrigará uma microcervejaria e um centro cultural.

Um dos edifícios do Guinness at Old Brewer’s Yard
Crédito: Divulgação

Diferentemente de quando a Guinness, em 31 de dezembro de 1759, assinou um contrato de arrendamento de 9.000 anos para sua cervejaria St. James Gate, em Dublin, pela módica quantia de 45 libras por ano, esse espaço sairá bem mais caro.

Segundo a Diageo – dona de marcas como o Smirnoff, Johnnie Walker, Ypióca e da própria Guinness –, o valor investido será de 73 milhões de libras esterlinas. Isto é, cerca de R$ 525 milhões. A previsão é que esteja totalmente pronto em outubro de 2023.

A localização não foi escolhida por acaso. Aliás o lugar já abrigou uma cervejaria no século 18, a Woodyard Brewery (entre os anos de 1722 e 1905). O local é considerado uma parte muito significativa e importante do patrimônio da cidade de Londres.

Ao todo, o Guinness at Old Brewer’s Yard terá cerca de 5 mil metros quadrados de imóveis no centro da cidade. Ele terá uma microcervejaria que produzirá edições limitadas de cervejas. Contará com espaços comunitários, uma cozinha aberta, áreas de pátio dedicados a eventos gastronômicos e até mesmo um restaurante de vidro de 360 ​​graus na cobertura. Além disso, contará com uma loja da Guinness com itens raros.

Guinness at Old Brewer’s Yard
Crédito: Divulgação

A experiência de uma cerveja Guinness em outro nível

Os visitantes poderão fazer tours guiados para provar e apreciar a famosa cerveja Stout da Guinness.

A Diageo também está comprometida com a sustentabilidade ambiental, já que o espaço será totalmente neutro em carbono até 2030.

O local incluirá, ainda, um centro dedicado à formação profissional. A expectativa é que sejam formados mais de 100 alunos por ano.

Portanto, a abertura desse espaço segue em linha com os outros três que a Diageo já possui. São eles a Guinness Storehouse, em Dublin (Irlanda), a Johnnie Walker Princes Street, em Edimburgo (Escócia) e a cervejaria Guinness Open Gate em Baltimore (Estados Unidos).

Gostou? Então, compartilhe e nos ajude a levar o conhecimento cervejeiro a mais pessoas.

Veja também

Voltar para a página inicial