Termos do mundo cervejeiro

5 termos sobre cerveja que todo cervejeiro precisa conhecer

Muitas vezes, nos deparamos com termos do mundo cervejeiro que podem soar um tanto quanto estranhos. São os famosos “jargões” cervejeiros.

Publicidade

Por isso, para clarear um pouco o seu entendimento, trouxemos uma explicação sobre 5 desses termos do universo cervejeiro. Confira a seguir.

1. Drinkability

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, o termo drinkability não está associado à qualidade da cerveja. Esse termo não tem uma tradução exata no Português (em tradução adaptada, seria algo como “bebabiliade”).

Mas, para você entender, podemos dizer que uma cerveja de alta drinkability é aquela que você pode beber várias ao longo do dia, sem que fique com aquela sensação de peso ou paladar saturado. Você pode beber sem se empapuçar. Como exemplo, podemos citar as cervejas do tipo Blonde Ale, que são bem leves.

Veja também: Blonde Ale, um ótimo estilo para iniciar nas cervejas artesanais

Publicidade

Por outro lado, uma cerveja com baixa drinkability é aquela que você só vai conseguir beber em menor quantidade, correndo o risco de se exagerar, ficar se sentindo pesado. Como exemplo, temos as cervejas do tipo Russian Imperial Stout, que têm um teor alcoólico maior e são mais licorosas.

2. Sazonal

De modo geral, as cervejarias possuem cervejas que são produzidas o ano inteiro e outras que são produzidas somente em algum período do ano ou em ocasiões especiais. Essa cerveja que não é produzida com frequência, é chamada de Sazonal.

3. Pungência

Pungente é o nome que damos à sensação de desconforto causada, por exemplo, pelo gás carbônico em bebidas carbonatadas. Você percebe isso muito bem quando coloca uma bebida com muito gás carbônico na boca e deixa por um tempo. Logo, começa a sentir como se estivesse tendo a língua espetada por todos os lados. Essa sensação, então, é a pungência.

Carbonatação

4. Session

Esse termo é dado para as cervejas com o teor alcoólico um pouco reduzido em relação ao seu estilo original. O guia BJCP (Beer Judge Certification Program) – que é a principal referência no mundo cervejeiro –, define session como a pontência alcoólica da cerveja. Portanto, para o BJCP, session significa cervejas com percentual alcoólico abaixo de 4%.

Assim, para manter o equilíbrio da cerveja, suas demais características também são atenuadas, melhorando sua drinkability.

Publicidade

5. Imperial

O termo Imperial é o inverso do Session, isto é, uma cerveja de um estilo específico que tem a sua graduação alcoólica potencializada. E para manter o equilíbrio da cerveja, suas demais características também são acentuadas, baixando, em alguns casos, sua drinkability.

Compartilhe

Veja outras postagens interessantes

« Voltar para a página inicial