Cerveja Delirium Tremens

Conheça 11 fatos sobre a cerveja Delirium Tremens

A cerveja Delirium Tremens certamente é uma das cervejas belgas mais populares e não é à toa. Seu líquido premiado, as garrafas de cerâmica exclusivas e o logotipo de elefante rosa ajudaram a marca a se destacar em um mercado altamente competitivo, como é o mercado de cerveja.

Essa Belgian Golden Strong Ale apresenta aromas de maçã e pera. Seu sabor lembra toques de banana, frutas diversas, especiarias e trigo. Por isso, devido à sua fama mundial, a Delirium Tremens é exportada para diversos países. Assim, não é muito difícil de encontrá-la por aqui.

Por isso, vamos ver 11 fatos sobre essa icônica cerveja belga.

Cerveja Delirium Tremens
Cerveja Delirium Tremens (Huyghe/Divulgação)

1. Delirium não é o nome da cervejaria

É a cervejaria Brouwerij Huyghe que produz a cerveja Delirium Tremens na cidade de Melle, na Bélgica. Leon Huyghe comprou a cervejaria em 1906 e a nomeou de Brouwerij Mouterij den Appel. Então, tempos depois, a cervejaria acabaria adotando o nome do seu fundador, Huyghe Brewery.

2. Seu médico provavelmente ouviu falar do nome dessa cerveja na faculdade

Delirium Tremens é um termo médico que se refere a sintomas graves que os alcoólatras podem experimentar durante a abstinência. Sinais como tremores, confusão e alucinações podem ocorrer inesperadamente. O nome da cerveja e o logotipo do elefante rosa, é uma alusão a esses sintomas (explicaremos o porquê logo abaixo).

3. Um cobrador de impostos deu esse nome

De acordo com a lenda, em busca de nomear a nova bebida, um cobrador de impostos belga que a degustava, ficou embriagado sem esperar. Assim, diante desse quadro, ele afirmou que ficaria ‘delirium tremens’ se continuasse a beber a cerveja. O nome agradou e acabou sendo adotado.

4. A Delirium Tremens é conhecida por sua potência

Como ela é uma Strong Ale, seu teor alcoólico é forte. Ela possui 8,5% de ABV (álcool por volume). Os admiradores da bebida dizem que o sabor suave da cerveja é incrementado por sua força.

5. O designer do logotipo da Delirium Tremens foi pago com cerveja

Um estudante de arte foi contrato pela cervejaria com a finalidade de desenhar um logotipo para a nova cerveja. Ele acabou criando o famoso elefante rosa. Como forma de pagamento, recebeu duas caixas da Delirium Tremens.

6. O segredo do sucesso é sua receita simples

A cerveja Delirium Tremens contém apenas malte claro, lúpulos Styrian Golding e Saaz, três tipos diferentes de levedura e água. A última fermentação acontece na garrafa. Por isso acaba produzindo uma bebida altamente efervescente, com sabores complexos e teor alcoólico mais alto.

7. Suas garrafas não são de vidro comum

As garrafas da Delirium Tremens são feitas de cerâmica estilo Colônia, o que torna a imagem da marca e da bebida únicas no mundo.

Aliás, mais um pouco de história. Dizem que as primeiras garrafas de cerâmica foram sobras de uma encomenda personalizada. Mas hoje, é parte integrante do diferencial da imagem da marca.

8. A Delirium Tremens não é a única

Além dela, a cervejaria produz outras seis cervejas com o nome Delirium. São elas: Delirium Black, Delirium Nocturnum, Delirium Christmas, Delirium Red, Delirium Argentum e Delirium Deliria.

Essa última, é uma edição especial feita por mulheres. Ela é produzida uma vez por ano para comemorar o Dia Internacional da Mulher.

9. As cervejas Delirium não são as únicas fabricadas pela cervejaria

Contudo, a linha Delirium é só uma das 14 séries de cerveja produzidas por ela. A cervejaria Huyghe também produz cervejas sob os rótulos La Guillotine, Averbode, Floris, Campus, St. Idesbald, Biere du Corsaire, Blanche Des Neiges, Mongozo, Artevelde, Villers, Export, Fruli e Paranoia.

10. A Delirium Tremens responde por 40% da produção da empresa

Entre as cervejas produzidas e exportadas pela Bélgica, ela é sem dúvida, a cerveja mais vendida. E, além disso, é a mais popular da cervejaria Brouwerij Huyghe.

11. Ela tem uma vocação natural para ganhar prêmios

Cerveja Delirium Tremens - Premiação
Crédito: Reprodução/Instagram Delirium Tremens

Boa parte do seu reconhecimento, vem, decerto, das competições que conquistou. Apenas uma década depois de ser lançada, ela já vencia competições a nível global.

Em 2020, conquistou medalha de ouro na World Beer Awards, realizada no Reino Unido. E mais recentemente, em 2021, ela também foi medalha de ouro na Frankfurt International Trophy, relizada na Alemanha.

Fonte: https://vinepair.com/articles/delirium-tremens/

Postagens populares

Voltar para a página inicial

Rolar para cima