Significado dos termos no rótulo da sua cerveja

Entenda o que significam os termos no rótulo da sua cerveja

Acredito que, assim como eu, em algum momento da sua vida, você já se pegou lendo o que estava escrito no rótulo da sua cerveja.

Aquele monte de siglas como ABV e IBU devem ter parecido não fazer o menor sentido. Sem falar naquele seu amigo que adora aparecer e se mostrar como um “grande conhecedor” de cerveja e diz para o garçom: “amigo, traz uma IPA, por favor”.

Agora, mesmo que você não tenha pretensões de se tornar um mestre cervejeiro, vai gostar de conhecer o que significa alguns desses termos. Nem que seja para desbancar esse seu amigo.

No início, essas nomenclaturas podem parecer um pouco obscuras, mas depois que você conhece, vê que não nem um bicho de sete cabeças.

Vamos ver a seguir, cinco desses termos mais comuns que estão rótulo da sua cerveja.

Garrafa de cerveja
Imagem: Story Ninety-Four/Unsplash

ABV

Essa sigla vem do inglês e quer dizer “Alcohol By Volume”, que em português significa “Álcool por volume.

Ela nada mais é do que o teor alcoólico, isto é, a quantidade de álcool que tem na cerveja. Assim, se uma cerveja tem 4,5% ABV, quer dizer que ela possui 4,5% de álcool.

Chope

Pela classificação da Legislação do Brasil, são as cervejas que não passaram pelo processo de pasteurização na fase de envase.

O chope brasileiro é mais leve que a cerveja, e apresenta uma maior formação de espuma. Por não ser pasteurizado como a cerveja, seu prazo de validade é menor.

Imperial ou Double

São cervejas que não têm um estilo específico. Porém, suas principais características são um teor alcoólico maior e aromas e sabores mais intensos.

Só para exemplificar, uma cerveja do tipo Imperial Pale Ale sempre vai ser mais amarga do que uma Pale Ale.

IBU

Essa é uma outra terminologia da língua inglesa. A sigla significa “International Bittering Unit” ou em português “Unidade Internacional de Amargor”.

Assim, essa sigla é a indicação do amargor que a bebida possui numa escala que vai de 0 até 120. Quanto maior o valor, maior é também seu amargor. A quantidade de lúpulo na composição da bebida é que determina se a cerveja terá maior ou menor amargor.

Retrogosto

Resumidamente, é como a bebida persiste seu sabor na sua boca após um gole. Assim, o sabor da bebida pode por pouco tempo ou durar um tempo maior. Ele também pode ser doce, sego, amargo ou, ainda, adstringente.

Puro Malte

São as cervejas que são produzidas com 100% de malte de cevada, sem adjuntos cervejeiros autorizados pela legislação brasileira, como o arroz, o milho e outros cereais não maltados. Assim, nessas cervejas, o sabor do malte tende a ser mais presente na boca.

Adjuntos Cervejeiros

Podemos considerar como adjuntos cervejeiros quaisquer ingredientes que colocamos na cerveja, que não sejam os quatro ingredientes básicos – malte, lúpulo, água e levedura.

Então, como exemplo de adjuntos cervejeiros, podemos citar:

  • os cereais que não são maltados – milho, arroz, trigo etc.
  • especiarias e condimentos – pimenta, coentro, gengibre, canela etc.
  • frutas ou legumes – manga, banana, laranja, pêssego etc.
  • qualquer outro ingrediente que que não seja um dos quatro básicos

Dry Hopping

Lúpulo
Lúpulo

Consiste na inclusão de mais lúpulo depois do processo de fermentação ou mesmo durante esse processo. Assim, isso dá à cerveja aroma e sabor mais complexos.

Sasonais

São cervejas que não são produzidas regularmente, isto é, somente são produzidas em épocas especiais do ano, como datas comemorativas ou em alguma das estações do ano (outono, inverno, primavera e verão).

Trapista

Estilo de cerveja produzido por um grupo muito restrito de monastérios da ordem religiosa cisterciense espalhados por diversas regiões do mundo.

Seus principais estilos são Blond Ale, Dubbel, e Trippel.

IPA

A cerveja IPA é a abreviação de India Pale Ale. Ela é uma cerveja com um grau de amargor alto e, também, com maior teor alcoólico. Essa cerveja foi criada pelos ingleses em viagens para a Índia no século XVIII, tentando aumentar o tempo de conservação de suas bebidas.

Dessa forma, agora quando você ouvir “traz uma IPA”, você já sabe que é uma cerveja criada por ingleses lá na Índia há mais de dois séculos.

Gostou de saber? Então, compartilhe com todo mundo:

As mais lidas agora

Voltar para página inicial

Rolar para cima