Vendas de cerveja aumentam no Brasil em 2021

Vendas de cerveja crescem no Brasil em 2021

Foram vendidos cerca de 14,3 bilhões de litros de cerveja no ano passado. Isso representa um aumento de 7,4% em relação ao ano anterior (2020). Esse é o maior patamar de vendas de cerveja nos últimos 8 anos.

Publicidade

Os dados são da consultoria Euromonitor. A análise foi encomendada pelo Sindicato Nacional da Indústria da Cerveja (SINDICERV). A entidade reúne, assim, grandes nomes da indústria cervejeira, como a Ambev e a Heineken.

Esses são números expressivos, principalmente se levarmos em consideração que no ano de 2021 não tivemos grandes eventos onde tradicionalmente há um maior consumo da bebida, com é o caso do Carnaval, por exemplo.

É o terceiro ano seguido que o segmento registra crescimento no volume de vendas. Em 2020, o crescimento nas vendas em relação a 2019 foi da ordem de 5,4%.

Gráfico da evolução das vendas de cerveja

Certamente, uma parte significativa desse crescimento é resultado dos excelentes números de venda reportados pela Ambev (ticker na B3: ABEV3) no terceiro trimestre do ano passado. A companhia adotou estratégias para minimizar os impactos que a pandemia provocou na cadeira de suprimentos, que, de fato, surtiram efeito.

Publicidade

“O avanço ocorreu em mais um ano desafiador para a indústria, marcado por um cenário econômico de alta nos juros, queda do Produto Interno Bruto, mudança no hábito dos consumidores e incertezas do rumo da pandemia de COVID-19.” relatou o superintendente do Sindicerv, Luiz Nicolaewsky.

Crescimento das vendas de cerveja veio acompanhado do crescimento no faturamento

Outro ponto destacado pelo levantamento foi o crescimento no faturamento das vendas de cerveja aqui no Brasil. Em 2021, o faturamento foi da ordem de R$ 208,8 bilhões. Isso representa um aumento de cerca de 11% em relação a 2020, que teve um faturamento total de R$ 184,5 bilhões.

Decerto, a preferência do consumidor por cervejas do segmento premium também contribuiu para esse faturamento maior. Afinal, não é à toa que o mercado brasileiro de cervejas premium tem atraído cada vez mais competidores.

Em novembro do ano passado, a cervejaria Estrella Galicia revelou seus planos de construir uma fábrica no Estado de São Paulo. O investimento previsto é de quase R$ 2 bilhões. Você pode rever essa matéria através desse link.

Veja essas matérias também

Voltar para a página inicial

Publicidade