Início » O Levedo de Cerveja Aumenta a Gordura Corporal?

O Levedo de Cerveja Aumenta a Gordura Corporal?

Levedo de Cerveja Engorda?

Muita gente abre mão da cerveja por pensar que ela engorda. E isso é verdade, a cerveja realmente engorda

Muitos acreditam que o levedo de cerveja engorda. Mas o levedo de cerveja não tem nada a ver com isso.

A maioria das pessoas atribui o alto valor calórico da cerveja ao levedo, quando na verdade o grande responsável por isso é o álcool.

O levedo de cerveja não engorda, pelo contrário, faz bem à saúde. E por possuir alguns benefícios extras, como inclusive o fato de emagrecer, tem sido utilizado na produção de suplementos naturais para quem quer perder peso e viver uma vida mais saudável.

Uma característica do levedo de cerveja é um alimento natural que pode ser utilizado nos alimentos consumidos no dia a dia. É uma boa indicação para quem possui Diabetes, uma vez que o cereal controla a quantidade de glicose no sangue e impede assim que uma quantidade maior de insulina seja secretada.

A Levedura Que Produz o Álcool da Cerveja

Outra característica do cereal é desentupir as artérias, desobstruindo os canais de moléculas de gordura de baixa densidade presas nas paredes. Essas moléculas são também conhecidas como LDL, ou, como popularmente ditas, colesterol. Porém, o levedo de cerveja não só diminui a quantidade do LDL como aumenta a do HDL, moléculas de alta densidade, conhecidas como o “colesterol bom”.

O levedo de cerveja é rico em cromo, um mineral muito importante para a saúde. Quando a pessoa está com deficiência de cromo, é normal que a insulina comece a se tornar ineficiente. Com isso, a maior parte do açúcar obtido através dos carboidratos fica no sangue, posteriormente se convertendo em moléculas de gordura pelas células de reserva.

Sendo o cromo é um nutriente presente naturalmente no nosso corpo e é normal que ao longo dos anos sua quantidade vá diminuindo naturalmente. Por isso é muito importante manter uma dieta rica em cromo, principalmente para pessoas acima de 40 anos. Mais de 80% dos idosos no Brasil sofre com a deficiência do nutriente, o que leva a outras complicações de saúde.

O organismo também não ajuda muito nesse ponto. O cromo é um nutriente de difícil absorção, e por conta disso a maior parte acaba sendo eliminada com as excretas sem ser absorvida. Uma maneira de resolver esse problema é consumindo mais alimentos como banana, limão, laranja, trigo, espinafre e o próprio levedo, que possuem uma boa quantidade de cromo.

O Que Mais o Levedo de Cerveja Pode Proporcionar Para o organismo?

Como dito anteriormente, o levedo de cerveja levou uma fama injusta de alimento calórico responsável por aumentar o peso.

Além de emagrecer, o levedo tem sido amplamente utilizado na fabricação de suplementos naturais, já que contém uma série de minerais e vitaminas essenciais para um bom funcionamento do nosso metabolismo.

Pode-se encontrar em lojas de produtos naturais o levedo em forma de farinha ou mesmo dentro de cápsulas ou comprimidos. É preciso ficar atento à concentração do suplemento antes de realizar a compra. É recomendado também que você sempre consulte antes um nutricionista para saber as quantidades adequadas antes de consumir na alimentação, dependendo das suas necessidades diárias.

  1. Melhora o Desempenho do intestino

Um fator importante é que o levedo de cerveja pode ser um santo remédio natural para quem está sofrendo com dores intestinais.

Ele possui algumas substâncias em sua composição capazes de proteger as mucosas internas do intestino, prevenindo assim ataques de bactérias que causam infecções, o que gera muitas dores e desconforto.

  1. Reduz a Acne

Outro benefício é que o levedo de cerveja também pode ser muito eficiente para combater a acne que atinge a maioria dos adolescentes. Porém, muita gente adulta também sofre com esse problema.

Um dos principais motivos da formação da acne se deve à má alimentação e a não limpeza de pele. Ela se forma quando os folículos pilosos entopem devido ao acúmulo de sebo e camadas de células mortas. É um ambiente muito propício para a colonização de bactérias, que podem formar algumas inflamações na região.

Sendo um cereal, o levedo de cerveja é rico em Vitamina B-12, que ajuda a diminuir as inflamações e a possibilidade da formação de acne.

  1. Controle Para Diabetes

Como o levedo de cerveja controla a quantidade de glicose no sangue, se torna um eficiente controlador do Diabetes.

Essa ação ocorre através do cromo, que já citamos anteriormente. Ele ajuda a transformar o excesso de açúcar e gordura em energia, evitando assim que haja muita glicose no sangue, que muita gordura seja depositada nos adipócitos e que haja picos de insulina.

Se um portador de Diabetes adicionar o levedo à dieta, é possível que a quantidade de insulina artificial usada diariamente seja diminuída. Mas jamais diminua a quantidade se você for portador da doença. Consulte sempre um médico antes de tomar alguma atitude relacionada ao tratamento.

O consumo regular do levedo de cerveja pode fazer com que a glicose diminua em até 40% no sangue.

Para Que Serve o Levedo na Fabricação da Cerveja?

Independente de ser uma cerveja industrial ou artesanal, o levedo de cerveja não pode deixar de ser utilizado. Afinal, é a partir dele que são produzidos o álcool e o CO2.

Como você deve saber, o ingrediente responsável pelo amargor da cerveja é o lúpulo, mas o levedo também tem certa responsabilidade nesta função. Além disso, é componente principal responsável pela cor, aroma e até mesmo em parte do gosto da bebida.

Fato importante é que o levedo de cerveja não é responsável apenas pela formação do álcool etílico como também de uma substância química chamada éster, que confere o aroma à bebida. Alguns tipos diferentes de levedo (bem como o tempo utilizado no processo de fabricação ou a produção do ingrediente) podem conferir diferentes tipos de aroma, sendo mais rústicos, amadeirados, etc.

Reação Química Que Dá o Sabor à Cerveja

Existem diversas famílias diferentes de leveduras, mas a produção da cerveja exige uma participação especial de apenas duas delas: a Saccharomyces cerevisiae, responsável pela fabricação da cerveja tipo Ale, e a Saccharomyces uvarum, responsável pela fabricação da cerveja tipo Lager.

A S. uvarum é utilizada em larga escala na produção de cerveja no Brasil, e geralmente produz cervejas mais leves, tanto na cor quanto no aroma e sabor.

Já a S. cerevisae é utilizada para fabricar cervejas mais fortes, com maiores teores alcoólicos. A bactéria também é utilizada em larga escala para a produção de outros tipos de bebidas alcoólicas, como rum, uísque, e até mesmo na indústria alimentícia na fabricação de alguns tipos de pães.

As duas famílias também diferem no momento de fermentação da bebida. Enquanto a S. cerevisae flutua na bebida, a S. uvarum vai para o fundo, o que também faz com que haja uma diferenciação no momento de filtração da bebida. Além, claro, se ser notável a diferença entre os tons dos tipos Ale e Lager.

Assim, o levedo de cerveja é um alimento muito benéfico para a saúde e não há contra indicações, a não ser por ordem expressa de um médico. Caso contrário, experimente adicionar esse alimento à sua dieta. Em pouco tempo você poderá sentir na pele as diferenças que ele pode causar no seu organismo.

Se você gostou do post, deixe sua curtida abaixo e não se esqueça de compartilhar o artigo em suas redes sociais! Em breve traremos novos assuntos relacionados ao mundo da cerveja para você. Até lá!