Famoso jogador revela episódio com cerveja escondida na concentração

O caso da cerveja escondida na concentração foi narrado no podcast conduzido pelo ex-jogador Kleber Gladiador, mas sem revelar o nome do clube, o que gerou uma enorme curiosidade entre os fãs do craque

Publicidade
Cerveja escondida na concentração
Cerveja escondida na concentração/Crédito: Canva Pro

Cerveja escondida na concentração

Em seu podcast, o ex-jogador Kleber Gladiador comentou um episódio no qual envolveu cerveja dentro da concentração de um dos clubes pelo qual atuou, mas sem revelar o nome.

Mesmo sem ter dito o nome do clube, o caso repercutiu na internet, gerando especulações entre os torcedores sobre em qual dos times que o ex-atleta defendeu isso teria acontecido esse episódio.

Kleber Gladiador foi discreto ao relatar o fato, sem nem mesmo revelar o nome do massagista que presenciou e participou do fato.

Um meia, cujo apelido era “Barriga de Cavalo”, foi o autor de tal proeza. Kleber não soube precisar se esse jogador ainda está atuando por algum clube ou se já teria se aposentado.

Publicidade

O fato é que, enquanto estava recebendo uma massagem, foi surpreendido por um barulho familiar: o som de uma latinha de cerveja quando é aberta.

Ao olhar para trás intrigado com o som, se deparou com “Barriga de Cavalo”, que também era seu companheiro de quarto, com uma latinha de cerveja na mão. “Quer uma, pai?”, ofereceu gentilmente, como um “bom colega” faz.

“Como assim, mano? Que ‘quer uma, pai’ o que, maluco? Você tá louco? Nós tem (sic) jogo!”, teria retrucado de volta ao amigo.

Sem se constranger com a recusa de Kleber, o companheiro de quarto ainda ofereceu para as outras pessoas presentes. Um massagista aceitou, justificando que como ele não jogava, poderia beber “umazinha”.

Cerveja escondida no fundo da bolsa

Bolsa para esportes
Imagem ilustrativa/Crédito: Canva Pro

Enquanto bebia a sua “breja”, o meia ainda relatou como conseguia levar as latinhas de cerveja para a concentração sem ser descoberto, mesmo com o rígido controle que o clube exercia.

Publicidade

Pelo que relatou, as latinhas ficavam arrumadas de um jeito no fundo da mochila que impossibilitava que fossem percebidas. Somente uma revista bem detalhada seria capaz de localizar o “contrabando” de bebida alcoólica para dentro da concentração.

Então, meus amigos e minhas amigas. Essa é a cerveja, com suas histórias incríveis e muito bem-humoradas. Nos vemos em breve.

Veja essa notícia também em Web Story Cerveja Escondida na Concentração por Jogador de Futebol.

Compartilhe

Gostou dessa história? Então, compartilhe com todo mundo que você conhece. Eles também vão gostar de saber.

Mais receitas para você

Voltar para a página inicial

Publicidade